Legislativo Protásio Alves – RS

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 27 DE ABRIL DE 2021.

Aos vinte e sete dias do mês de abril de dois mil e vinte e um ás dezenove horas reuniram-se na câmara de vereadores de Protásio Alves, em Sessão Ordinária, os seguintes vereadores: Antônio José Cassol, Beatriz Stella Campagnollo, Felipe Franciscon, Gilmar Dall’Agnol, Jair Cassol, Lucas Rosin, Matheus Gardel Porta, Nair Salete Cappellaro Bolzan, Rosane Bortolon Prigol. Feita a leitura da ata anterior aprovada por unanimidade, passou-se a ordem do dia: Oficio 092/2021 – Aprovado por unanimidade por a maioria absoluta. Projeto de Lei N° 020/2021 – Cria o conselho municipal da alimentação escolar do município de Protásio Alves-RS – CAE; dá outras providências. Aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N° 021/2021 – Autoriza participação do município na aquisição de equipamentos agrícolas; dá outras providências. Aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N° 022/2021 – Dispõe sobre a execução de obras e serviços de pavimentação em parceria, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade. Proposição N° 03/2021 – Que seja prestada homenagem aos profissionais de saúde do município de Protásio Alves – RS, em razão do valoroso trabalho prestado a população protasioalvense durante a pandemia. Aprovado por unanimidade. Proposição n° 04/2021 – que seja feito estudo de viabilidade para o auxilio e participação do município na aquisição de caixas da água para os integrados de aves e suínos de nosso município. Aprovado por unanimidade. Explicações Pessoais: Vereador Gilmar, vereador Felipe, Vereador Jair: boa a noite a todos, senhor presidente, colegas vereadores, nossa assessoria, e o pessoal que nos assiste, eu queria parabenizar o poder executivo com o legislativo, e a secretária da agricultura em parceria, sobre o projeto zero vinte e um, também dar os parabéns ali pros nossos agricultores, digo agricultores ne, que tem coragem pra participação que é bem vindo, deu pra ver os valores são altos, mas é sempre bom que a prefeitura e vocês recebam ne, então é um auxilio ne, e é importante, importante pra agricultura que o nosso desenvolvimento se torna cada vez mais elevado, queria também assim, falar sobre o nosso secretário de obras, queria que ele se restabelecesse o quanto antes ne, a gente sabe que ele esta internado ne, o Ivo, companheiro nosso, então que não seja nada de ruim, a gente torce pra isso, a gente sabe que doença não é fácil, queria expressar aqui, ele ta todo dia lá com nos, esperamos que ele volte logo, era isso. Vereador Antônio: senhor presidente, colegas vereadores, nossa assessora, doutora Gabriela, a Diana, secretária geral, as pessoas que nos assistem, muito obrigado, eu, ta nos arquivos da câmara de vereadores, todos os projetos que foram mandados pelo ex prefeito Jusandro Bortolon,  quando ele era prefeito, e que foi muitos os programas, projetos de incentivo a agricultura, olhe eu

 

 

 

 

não quero exagera, mas foi beneficiado muitos agricultores, e eu sempre vinha na tribuna da câmara parabenizava a administração, parabenizava os vereadores e parabenizava as pessoas que acreditavam na terra, e eu sempre dizia que quem tivesse coragem e capricho investia na propriedade, chegava um dia que eles iriam ser muito bem remunerados, hoje o colono que trabalha na roça e sabe trabalhar e tem uma terra mais ou menos, ele ganha muito mais do que qualquer pessoa formada, com faculdade, e vocês são prova disso e todo colono é prova de quanto bem hoje ta agricultura, e com a modernidade que vem tendo, a experiência o agricultor sempre adquirindo mais, a administração municipal sempre ajudando, eu falei do governo do ex prefeito Jusandro, foi oque mais incentivou e veio seguindo pelo prefeito Zé, e agora vem seguindo pelo atual prefeito Itamar, isso é muito bom, muito bom mesmo. Quero parabenizar por ele ter mando esses projetos todos, os outros dois projetos. Quero deixar registrado nessa tribuna hoje, que nos estamos vivendo a trigésima terceira semana do município de Protásio Alves de emancipação politica, depois de amanhã dia vinte e nove o município vai completa trinta e três anos de emancipação, mas pra isso teve, o Silvio Bolzan, presidente da comissão emancipadora, Nilo Stella, professor Augustinho Costa, Valdir Porta, Moacir Porta, Adilo Porta, Agenor Prigol, Otavio Prigol e Reineli Prigol, que foram uns heróis, essas pessoas, eu tenho como essas pessoas com respeito muito, e tem que respeitar e todo protasioalvense tem que respeita essa comissão, porque foram deles que partiu a coragem de emancipar o município e nos tornar independente de Nova Prata, e dali pra ca o município so ganhou, quem conheceu o município a trinta e três anos e agora o município, ninguém acredita, e teve pessoas que votaram contra a emancipação na época, mas vamos perdoa, mas parabenizar essas pessoas, e na realidade passou-se a semana do município do ano passado sem comemorações e ta passando a segunda semana do município, um ano depois, sem comemorações, por causa da pandemia de uma doença que nem eu acreditava que vinha assim, atrapalhar tanto a vida da gente, assustou o rico o pobre, o médico o gari, enfim, a todo mundo, mas eu aqui quero deixar registrado, que deus ajude a todos os prefeitos que passaram por aqui, porque todos os prefeitos que por aqui passaram, todos tentaram fazer o melhor, uns se dedicando mais na saúde, uns aparecendo mais em obras, outros na cidade, mas todos fizeram oque acharam que era melhor pro lugar, então, parabéns presidente, por essa proposição dos noves vereadores, eu gosto de subir degrau com as minhas pernas e não com as pernas dos outros, te agradeço, porque eu não sabia que o senhor tinha tido essa ideia, obrigado. E que deus ilumine o poder executivo, o poder legislativo, os secretários, e que cada vez o município de Protásio possa ser um município destaque na região e no estado, e endossando as palavras do vereador Jair, também quero que deus ilumine o nosso secretário Pitoco, penso eu que não sege nada, mas alguma coisa  tem, porque o normal é não adoecer, e ele esta no hospital, que deus ilumine que ele volte de lá bom o quanto antes, era isso e meu muito obrigado.

 

 

 

 

Vereadora Beatriz: Boa noite senhor presidente, colegas, assessora, Diana, e o pessoal que hoje participou, geralmente não tem ninguém, hoje vocês estão aqui, que bom que vocês se reuniram, que essa união de vocês seja exemplo pra mais, digamos assim, pessoas de Protásio Alves, se unir com um objetivo comum, que é ficar aqui em Protásio Alves, ficar a família, filhos, cidade, é difícil, ta muito difícil a situação econômica, segure os filhos de vocês aqui, nos todos, trabalhar aqui Protásio Alves, e ter o retorno pra Protásio Alves, parabéns pra vocês. Vereador Lucas, Vereadora Nair, Vereadora Rosane. Espaço de Líderes: DEM, Progressistas. Vereador Gilmar: Senhor presidente, Matheus Gardel Porta, senhores vereadores, a nossa assessoria, e a esses nossos contribuintes moradores que estão aqui nos prestigiando hoje, hoje vou fugir um pouco do assunto da ordem do dia, porque estamos numa semana que não fosse a pandemia, estaríamos realizando eventos para comemorar a trigésima terceira de aniversario de emancipação politica e econômica de Protasio Alves, mas pra que a gente chegasse ate aqui, precisou-se construir uma historia, e eu anotei algumas datas pra que eu não me esqueça, é preciso relembrar fatos que marcaram dês do século dezenove, quando ocorria o ano de mil novecentos e noventa e seis, passou-se por aqui o primeiro padre, essa colônia recebeu a visita de um padre que umas das suas cartas descreveu os seguintes dizeres sobre essa colônia: visitei uma colônia aonde estão duzentas famílias de imigrantes agricultores, em uma área de terra localizada entre dois grandes rios, ao nascente e ao poente, e correm ate a linha terceira para mais tarde entrar no glorioso rio das antas, e ao norte os campos da Lago Vermelha, cortados pelo rio Chimarrão aonde surgiu o primeiro nome dessa colônia, e depois se chamou Turvo independência, assim partir do dia dezoito de maio  de mil novecentos e dezessete, quando da criação do sétimos distrito de Lagoa Vermelha passou a chamar-se Protásio Alves, em homenagem ao medico que muito havia contribuído em favor da causa publica para com o espaduo de Rio Grande do Sul, passou-se mais uns anos e nos por iniciativa da comunidade fomos a pertencer a Nova Prata o recém município que havia se criado no ano de mil novecentos e vinte e quatro, a mas o mais importante ocorreu, e a maior das conquistas em vinte e nove de abril de mil novecentos e oitenta e oito, quando saiu no diário oficial do Rio Grande do Sul a criação do município de Protásio Alves, um município ele so existe quando a uma sociedade, quando a pessoas nele residem, e quero usar hoje um exemplo aqui que esta fisicamente presente, a maior dificuldade dos municípios do interior é a  sucessão familiar, e esses projetos hoje que nos aprovamos aqui se mostra que se faz a sucessão familiar, quando o pai e o filho dão continuidade e so assim Protásio Alves, com essa comunidade formada foi em busca de se emancipar, mas quando se busca um objetivo, precisamos de pessoas que liderem esse projeto ai assim mais uma vez, como o vereador Antônio já citou, quero dizer aqui da nossa homenagem

 

 

 

em nome da sociedade, a todos aqueles que nos representaram nesse processo, Silvio Bolzan como presidente, o Reineli Prigol já em memoria, o Agenor Prigol, o Moacir Porta, Otavio Prigol, Adilo Porta, Valdir Porta, Agostinho Costa,  Nilo Stella que foi o primeiro prefeito também já em memoria, esses que formaram a comissão de emancipação e nos representaram e tornaram aquele sonho que já vinha alguns anos a se tornar uma realidade, e quero aqui tomar a liberdade, de também homenagear em nome do padre Paulo Prigol que é um que não aparece nas listas oficiais da comissão, mas que naquela época muito colaborou para a construção daquele projeto, na construção daquelas informações necessárias, e em nome dele também homenagear todos os anônimos que participaram daquele momento para que a comissão de emancipação participasse da assembleia legislativa aceitasse as nossas argumentações para que Protásio se torna-se município, a comunidade de Protásio Alves hoje precisa homenagear a todos que construíram a historia, mas também homenagear os prefeitos, todos eles, secretários, vereadores, que durante esses trinta e três anos cada um de seu maneira, colaborou para o desenvolvimento, para o crescimento oportunizando pessoas, a permanecerem em Protásio Alves, se nos não fosse município, certamente não teríamos hoje aqui as oportunidades que temos nesse momento e assim nos formamos esse lugar maravilhoso, que nos somos bons apaixonados e aqui criamos nossas raízes, então mais uma vez parabéns Protásio Alves pelos teus trinta e três anos de história, e pedir aqui que Deus nos ilumine para que sejamos sábios o suficiente para darmos continuidade a essa história, e que nos podemos e que nos possamos, ter inspiração, as futuras gerações que iram nos suceder, e que darão continuidade para que o progresso e o desenvolvimento desse lugar maravilhoso tenha sequencia, muito obrigado Protásio Alves. MDB: Vereador Lucas: boa noite presidente, assessora, a secretária, meus colegas, acho que hoje que nem os meus colegas comentaram, acho que estamos de parabéns realmente, pelo fato de ter os produtores interessados, claro, em manter as atividades, estão presente, realmente, acho que é ate uma forma de outros também deviam adotar, não só pelo fato da gente ter projetos como os de vocês, acredito que, mais outras pessoas deveriam acompanhar, ate pra ver todos os projetos indiferentes das atividades, dos setores que são, que passam pela câmara, acredito que seria bem interessante, como a gente comentou no inicio, no caso do calcário, ate pra saber de dar alguma informação, no caso, la fora ne, também essa semana, dia vinte e nove, quinta-feira, acredito que todos nos munícipes e quem já passou pela cidade, que tenha talvez ter passado um tempo aqui por estadia, ou simplesmente por que conhece a cidade, acho que também esta de parabéns pelo trigésimo terceiro aniversario de emancipação politica, e com certeza, oque o Gilmar falou não restam muitas palavras pra falar sobre a história do município, então, com certeza os antes passados ai contribuíram, alguns que já se foram, com certeza a gente deve muito a essas pessoas, pra ter chegado o município aonde ele ta no patamar de hoje, isso e obrigado. Presidente Matheus: Não

 

 

 

havendo mais pronunciamentos considero encerada esta sessão, agradeço a presença de todos, próxima sessão ordinária dia 11 de maio de 2021. Boa noite a todos os senhores.

 

 

 

Ver. Antônio José Cassol

Ver. Beatriz Stella Campagnollo

Ver. Felipe Franciscon

Ver. Gilmar Dall’Agnol

Ver. Jair Cassol

Ver. Lucas Rosin

Ver. Matheus Gardel Porta

Ver. Nair Salete Cappellaro Bolzan

Ver. Rosane Bortolon Prigol