ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 28 DE ABRIL DE 2020.

 

Aos vinte e oito dias do mês de abril de dois mil e vinte, às dezenove horas reuniram-se na câmara municipal de vereadores de Protásio Alves, em Sessão Ordinária, os seguintes vereadores: Antônio José Cassol, Cleiva Lorenzzetti Lorenset, Itamar Antônio Girardi, Ivo João Rodrigues Leite, Jocimar Furlan, Judite Cecchin, Marildo Stella, Nair Salete Cappellaro Bolzan, Roberto Prigol. Feita a leitura da ata anterior aprovada por unanimidade, passou-se a ordem do dia: Projeto de Lei e Parecer N° 008/2020 - Regulamenta, no âmbito do município, a Lei Federal N° 12.846, de 1° de agosto de 2013, que dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública. Aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N° 009/2020 - Institui no município de Protásio Alves/RS, a contribuição para custeio da iluminação pública (CIP); dá outras providências. Rejeitado por unanimidade. Explicações Pessoais:Vereadora Cleiva, Vereadora Nair, Vereador Roberto, Vereador Antônio: Senhor presidente Itamar, colegas vereadores, nossa Doutora Gabriela, Diana nossa secretária, perante muita coisa ruim que se tem no presado momento, que é a pandemia do corona vírus, cada dia chegando mais perto da gente, preocupando cada vez mais, inclusive a mim mesmo, também tenho medo, me cuido, tento me cuidar, mas assim, tenho certeza se depender do nosso querido povo daqui, nada aconteceria, mas muitas pessoas de fora, de longe de outros municípios vem visitar o pessoal daqui, viaja e aqui a pouco a doença vai ta aqui dentro de casa, então que Deus ilumine, que essa pandemia, esse vírus desapareça o quanto antes.

 Temos uma seca muito grande, uma estiagem prejudicando muito, muito a agricultura, e aqui o município é baseado na agricultura, eu me preocupo, não só com aquilo que a gente perdeu, a cultura, a agricultura, a pecuária ta complicada, eu to pensando pra toma agua aqui a pouco, pena que não tem ninguém aqui pra ouvir, mas eu tenho certeza que esse querido povo, tem que pensar de não gastar água, de graça, de varde, lavar carro nem pense, nem pense em lavar calçadas, quando vão escovar os dentes, não precisa deixar a torneira aberta até que escova os seus dentes, mas do outro lado a gente se alegra quando ve  a avenida bonita, a administração trabalhando, apesar de tudo isso, ainda se tem administradores, gestores que trabalham pra ver a cidade bonita, isso esta sendo feito, uma avenida pintada, sinalizada, faixa de segurança, quebra mola, lindo, lindo, lindo, to feliz em dizer que moro em Protásio, e passou a semana do município, a semana do município nossa era do dia vinte e três a dia vinte e nove de abril, trinta e dois anos amanhã que foi emancipado Protásio, cadê as festividades do município, morreu, ninguém se lembra, vereador Ivo, todo mundo que esta aqui, era festa

 

 

 

 

 

comemorações, churrasco, inauguração de uma obra, e agora tinha obras pra ser inauguradas, mas eu quero registrar, e agradecer a comissão emancipadora do município, o presidente da comissão era o Silvio Luís Bolzan, e fazia parte da comissão, Professora Augustinho Costa, Nilo Stella, Moacir Porta, Valdir Porta, Adilo Porta, Agenor Gregório Prigol (In memoria), Reineli Prigol (In memoria) e Otavio Prigol, se não me engano essa era a comissão, que Deus ilumine essa gente que muito lutaram, que muito trabalharam, gratuitamente, sem ganhar um centavo, iam pra Porto Alegre de carro deles, e conseguiram emancipa Protásio, se desmembramos de Nova Prata, tenho certeza se hoje se nos pertenceríamos a Nova Prata, nós não teríamos tudo oque nos temos, não que eu quero falar mal do município mãe, nunca, mas Nova Prata não ia conseguir desenvolver tudo oque Protásio desenvolveu, e digo mais, e dessa comissão, saiu o primeiro prefeito do município, Nilo Stella, hoje o Nilo não é mais do meu partido, mas eu tenho o Nilo como exemplo de politico no município, porque, ganhou a eleição, assumiu o município sem um carinho de mão, sem uma pá,  sem uma enxada, sem nada, fez muitas obras, inclusive o centro administrativo que nos estamos hoje aqui, foi feito pelo Nilo, ele não sabe que eu to falando dele aqui, te do a certeza que não sabe, eu não tenho estudo mas tenho reconhecimento de quem faz um trabalho bom, e além dele todos os prefeitos que por aqui passaram tentaram fazer o melhor, mas deixo como destaque o Nilo Stella, uma pessoa muito importante que foi pro município e como todos os outros prefeitos foram, que deus ilumine a cada prefeito que se elege no município, e que consiga trabalhar pra todos, e que faça um governo melhor pra todos, era isso e meu muito obrigado. Presidente Itamar: Vereador Marildo, Vereador Ivo: senhor presidente, nobres colegas vereadores, secretária Diana, Doutora, que pela segunda sessão esta substituindo o nosso grandioso Alcione que por muitos anos trabalhou nesta casa, a vinte, a vinte poucos anos né?, tomara que a senhora fique mais de vinte anos aqui em nosso município, eu também não podia deixar de passar em branco de falar dos trinta e dois anos do município, porque naquela época eu tinha vinte quatro ano, hoje estou com cinquenta e seis, tive a honra de ser duas vezes vereador, as primeiras duas eleição do município, naquela época eu me lembro que foi uma festa muito grande, quando veio o resultado que nos tinha se emancipado, e no mesmo tempo medo, eu me lembro que os mais velho, os mais velho votava medo em nois, eu jovem naquela época, vinte e quatro anos, saudade daquele tempo lá, e batalhava, porque nos tinha que ir nas casas junto com a equipe emancipadora pedir voto, porque era sim ou não, e tinha um monte de gente que votavam contra, não queria se de desmembra de Nova Prata, como deu, deu bastante voto não, eu me lembro como se fosse hoje, e nos ia nas casas como se fosse uma campanha politica, pelhor do que de prefeito, e conseguimos, conseguimos chegar e foi se expandindo, quem disse o nobre colega Toni, outra como prefeito, se não fosse ele ia ser um outro, e tenho certeza que o nosso município é cheio de gente boa, de grande intenção, so querer o bem desse município, e

 

 

 

 

cheguemos hoje aonde nos temos, porque tenho certeza, que um monte de gente de Nova Prata que queria pertencer a Protásio Alves, porque eu sou um cara que me comunico muito com o pessoal de Nova Prata, passou, cheguemos aonde temos hoje, feliz, então da os parabéns pro nosso município, enfrentemos uma vez, vocês aqui, que estão hoje como vereador piazada, não lembro, enfrentemos câmara, câmara aqui dentro de se da soco, de se derruba aqui dentro, depois tu para e pensa e tudo por um objetivo, nem todas as ideias davam certa, mas na verdade todo mundo queria o bem, pro lado pro outro, na teimosia, ou porque não queria fazer aquilo lá, por que queria fazer, e na verdade tu ouvia os dois lado, tinham razão era tudo pra um ideal pro municipio chega aonde cheguemos hoje, em parabéns Protásio Alves, parabéns ao povo trabalhador que nos temos, nos merecemos muito mais pelo povo que nos temos, o nosso povo é muito trabalhador, que nem falou o nobre colega Toni, é uma pena que nos últimos mês pra cá, parece que da tudo errado, a estiagem muito grande, o nosso municipio é baseado no leite, no frango, na agricultura, eu trabalho com basalto já sinto menos, mas sinto também a venda do basalto, la aonde eu vendo a pedra, ninguém ta colocando, ta parado, eu não vou comer pedra aqui dus dias, eu preciso vender a pedra pra ganhar o meu salario, também quero deixar, falr da terceira sessão atrás, do caso que aconteceu, que entrou aqui o aumento do funcionalismo publico, nos aprovemos por nove a zero, um projeto que eu acharia que não devia ter entrado, o aumento dos funcionários, por causa da situação do pais, do estado e do município, aprovemos, pouco, dizem lá fora que é pouco, mas não devia ter aprovado nada, mas mesmo assim aprovar um pouquinho, a situação do pais é ruim, e do municipio vai se torna pior, e ainda fiquemos ouvindo besteira dos funcionários, todos os nobres colegas aqui sabem, o Toni tocou no assunto a outra vez mas detalhou pouco, além de nos aprovar uma coisa que não devia ter aprovado, pelo contrario, nem devia ter vindo o projeto aqui,  e ainda fiquemos ouvindo besteira dos funcionários, e mal falado, e também quero registrar que o desabafo da secretária da saúde ela foi muito infeliz de faze, eu acho, eu já tive a honra de ser secretário de obra por quase sete anos no município, vocês sabem, eu nunca coloquei os meus funcionários la de obras contra o prefeito, muito menos contra os vereador, o depoimento no grupo dos funcionários da secretária da saúde ela botou os vereador contra os funcionários, é fácil bota pimenta nos olhos dos outros, então eu acho que ela foi muito infeliz dela ter feito isso ali, além de joga os funcionários contra os vereador, contra o próprio prefeito que é do partido dela, e outra coisa, falou no depoimento que o vereador devia pedir visto, nos não temos, a autonomia de pedir visto nos temos, ate aonde eu sei o papel de vereador, não de de burro que eu existo quatro mandato de vereador, eu não tenho estudo mas tenho inteligência, deus mandou a inteligência pra quem é inteligente, e quem não é inteligente mandou o dinheiro pra fazer o estudo, então eu acho que ela foi muito infeliz, isso ai, muito obrigado. Presidente Itamar: Vereador Jocimar: boa a noite a todos caros colegas, assessora jurídica, Diana, também quero deixar registrado o trigésimo segundo aniversário do

 

 

 

 

nosso município, é um município jovens mas é um município que ta prosperando, ta crescendo, ta causando inveja nos municípios da região, porque, porque tem vereadores bons, secretários bons, e prefeito bom, e funcionários, so lembrando um pouco a historia, eu me lembro Pitoco, eu também era pequeno, e tu tinha que dizer sim ou não, tu ve como é que são as coisas, certas pessoas na época não queriam que o município distrito de Protasio Alves se desmembrasse de Nova Prata, e depois foram vice-prefeito do município desta cidade, mais a mais, eu tenho que falar, na época o ex prefeito, Vitor Pleti, pra mim foi o pior prefeito que passou nesse município, e se ele estase aqui, fala na cara, Vista Alegre, Guabiju, São Jorge, Andre da Rocha, oque pertencia a Nova Prata, foi município, se desmembro, mas não teve que dar nada em troca, nada, agora, esse prefeito ali é um canalha, pra nos o melhor ponto turístico, o melhor pedaço de terra, da pro município de Nova Prata, pra nos ser município, ser não nos era restrito, nos tava que nem Secredo, distrito ai, pensam, a ainda tinha gente que na época, pa, como é que nos não vamos mais pertence a Nova Prata, cara nos temos no paraíso aqui, temos no paraíso, outro dia eu fui pro Maranhão, lá é um caus, uma vergonha, aqui se nos se queixa, nos estamos fazendo pecado, temos que lembra essa história, porque o povo sem história é um povo sem memoria, nos não podemos esquecer isso ai, e agradecer a comissão emancipadora, as pessoas que votaram no sim, as que começaram o município, enfim, os funcionários que trabalharam nesse município, todos os vereadores que já passaram aqui, merecem os parabéns, o povo de Protásio que tanto trabalhou, de baixo de sol e chuva, pra que esse município crescesse, e também nada adianta ter prefeito e o povo ser preguiçoso, e não trabalhar, graças a deus nos aqui temos povo forte e vice e versa, era isso e meu muito obrigado. Presidente Itamar: Vereadora Judite. Espaço de Líderes: PTB, DEM, MDB, PP. Não havendo mais pronunciamento declaro encerrada essa sessão, próxima sessão ordinária dia doze de maio de dois mil e vinte, boa a noite a todos.

 

 

 

 

Ver. Judite Cecchin

Ver. Antônio José Cassol

Ver. Jocimar Furlan

Ver. Roberto Prigol

Ver. Ivo João Rodrigues Leite

Ver. Itamar Antônio Girardi

Ver. Nair Salete Cappellaro Bolzan

Ver. Marildo Stella

Ver. Cleiva Lorenzzetti Lorenset