ATA DA SESSÃO ORDINARIA DO DIA 15 DE AGOSTO DE 2017.

Ao décimo quinto dia do mês de agosto de dois mil e dezessete, ás dezenoves horas reuniram-se na Câmara Municipal de Protásio Alves, em Sessão Ordinária, os seguintes vereadores: Antônio José Cassol, Cleiva Lorenzzetti Lorenset, Itamar Antônio Girardi, Ivo João Rodrigues Leite, Jocimar Furlan, Judite Cecchin, Marildo Stella, Nair Salete Cappelaro Bolzan, Roberto Prigol. Feita a leitura da ata anterior aprovada por unanimidade, passou-se a ordem do dia: Projeto de Lei N° 039/2017 – Autoriza o poder executivo municipal a realizar despesas com o VII campeonato municipal de bochas; dá outras providências, aprovado por um unanimidade. Projeto de Lei N°: 040/2017 – Autoriza o poder executivo municipal a efetuar despesas com a realização da XII mateada de integração municipal; dá outras providências, aprovado por unanimidade.

Projeto de Lei N°: 041/2017 – Autoriza o poder executivo municipal a abrir crédito especial no orçamento do município, aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N°: 042/2017 – Altera a lei municipal N° 612/2002, de 27 de novembro de 2002, e dá outras providências, aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N°: 043/2017 – Autoriza o município de Protásio Alves, a contratar servidor por tempo determinado para atender a necessidade de excepcional interesse público para o cargo de comunitário de saúde, aprovado por unanimidade. Proposição N°: 08/2017, pedido pela Vereadora Cleiva Lorenzetti Lorenset, aprovado por unanimidade. Explicações Pessoais: Vereadora Cleiva, Vereador Itamar, Vereador Ivo: Senhor Presidente, nobres colegas, Assessor Jurídico, o nosso Vice-Prefeito, ex colega vereador Chamel, a turma do Conselho Tutelar, mais as pessoas que nos assistem, primeiramente quero agradecer o prefeito também pelo a iniciativa de ter o campeonato de bocha, que é um jogo tradicional no nosso município, no qual eu participo também, joga bola, joga bola já não da mais, vamos pra bocha agora, passou a idade de jogar bola, outra coisa boa também, acho que é um conforto, uma coisa boa que realiza o município é a mateada, nos já moramos num lugar digo eu, um pouco distante da coisa, então te um lugar pelo menos, te um conforto no fim de semana, tu leva a família, se encontrar com os companheiros, passa uma hora, duas diferente, sobre o projeto da iluminação, eu tive falando com os caras da administração ali, tenho certeza que é um grande projeto, não até um grande valor pro município, o projeto entrou com cento e oitenta mil reais, a beleza que o nosso município vai ter na avenida principal do município, meus parabéns, meus parabéns Prefeito, quero agradecer o prefeito também da sessão passada pelo projeto que ele botou, o pagamento de hora de maquina pros basalteiros, pra turma que tem as pedreiras, por que no nosso município, a maior quantidade de emprego, que tem no nosso município, que ta segurando ainda um filho em casa, ou alguém da família ainda é o emprego do basalto, ainda é corta pedra, hoje a maior geração de emprego do município, na próxima reunião vou dizer quantas pessoas que corta pedra no nosso

 

 

 

município, é o maior emprego que tem, por que tenho certeza, nós tava falando também hoje, lá na minha capela por exemplo, se não tivesse as pedreiras, o basalto, lá hoje aonde eu morro eu, é uma cidade, uma vila, graças o que o basalto, então agradecer o Prefeito, que ta pagando conta que não é do mandato dele, que é hora do ano passado, e incentivando que os caras que tem pedreira, não tá fácil, eu corto pedra, eu sou basalteiro, imagina o dono da pedreira, né Vande?, não é fácil tu lidar com a pedreira, a venda ta ruim, os empregados trabalham e querem receber, da os parabéns pro Prefeito que ta pagando conta que não é da administração dele, e dando incentivo pra esse emprego pra manter no nosso município, e meus parabéns também pra minha colega Cleiva a coragem tua de bota essa proposição, isso ali seria, levo eu como um desafio, nos temos que chegar num ponto de fazer isso ali, muito bem colocado a tua proposição, claro que nos não tamos aqui pra atender só a nossa população, temos que da de entender lá fora, não é só os moradores de Protásio, filhos de Protásio que vão ter direito a nossa saúde, a nossa administração, ai nós temos sendo ditadores, digo eu, vamos botar emenda nessa proposição, claro também eles sejam atendidos, os forasteiros que nem eu falei, tem famílias que vem aqui passam um mês dois três mês, levam, aonde nós podia ser ajudado pra minha esposa, pro meu filho, pro teu filho, levam pra fora vão embora, i nós de repente ficamos sem nada aqui, já aconteceu de  pegar remédio no posto, bá tem o ultimo lá, é uma coisa bem complicada, mas muito bem colocada a tua proposição, e no mais, dizer pra turma do conselho que depois vamos se reunir, né, dez minutos, não tem mais do que dez minuto, vamos ouvir o conselho, que é um coiso no município, que é coisa nossa, quem a agente da saúde, então vamos ouvir o que eles tem pra colocar, eu sempre fui desse lado, um líder conversando, com dialogo que as coisas vão pra frente, é isso ai e meu muito obrigado. Vereador Jocimar, Vereadora Judite, Vereador Marildo, Vereadora Nair, Vereador Roberto. Espaços de Líderes: PTB, DEM, PP, PMDB. Não havendo mais pronunciamento declaro encerada a sessão agradecendo a presença de todos, Vice-Prefeito, ex colega Vereador, Conselho Tutelar, enfim, próxima sessão dia vinte e nove de agosto, muito obrigado.

 

Ver. Judite Cecchin

Ver. Antônio José Cassol

Ver. Jocimar Furlan

Ver. Roberto Prigol

Ver. Ivo João Rodrigues Leite

Ver. Itamar Antônio Girardi

Ver. Nair Salete Cappellaro Bolzan

Ver. Marildo Stella

Ver. Cleiva Lorenzzetti Lorenset