ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 11 DE ABRIL DE 2017.

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 11 DE ABRIL DE 2017.

Aos onze dias do mês de abril de dois mil e dezessete, ás dezenoves horas reuniram-se na Câmara Municipal de Protásio Alves, em Sessão Ordinária, os seguintes vereadores: Antônio José Cassol, Cleiva Lorenzzetti Lorenset, Itamar Antônio Girardi, Ivo João Rodrigues Leite, Jocimar Furlan, Judite Cecchin, Marildo Stella, Nair Salete Cappelaro Bolzan, Roberto Prigol. Feita a leitura da ata anterior aprovada por unanimidade, passou-se a ordem do dia: Projeto de Lei N°: 013/2017- Reajusta salário de referência municipal; dá outras providências, pedido de vista para estudo pelo Vereador Ivo João Rodrigues Leite, o que foi concedido. Projeto de Lei N°: 014/2017- Autoriza participação do município na aquisição de equipamento destinado ao tratamento e manejo adequado dos dejetos gerados pela suinocultura; dá outras providências, aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N°: 015/2017

- Autoriza o executivo municipal a efetuar pagamentos da 14° parcela de vencimento para os agentes comunitários de saúde; dá outras providências, aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N°: 016/2017-Reajusta o valor do vale-alimentação dos servidores municipais; dá outras providências, pedido de vista para estudo pelo vereador Ivo João Rodrigues Leite, que foi concedido. Projeto de Lei N°: 017/2017- Altera a lei municipal N° 343/1996, de 24 de abril de 1996, e dá outras providências, aprovado por unanimidade. Projeto de Lei N°: 018/2017- Autoriza firmar convênio com o município de Nova Prata, para a contratação de consultas e cirurgias de facoemulsificação na área de oftalmologia, aprovado por unanimidade. Projeto de lei municipal do legislativo número 001/2017, de 11 de abril de 2017, que trata da remuneração mensal do Cargo em comissão de Assessor Jurídico e Secretário Geral da Câmara Municipal de Vereadores de Protásio Alves-RS, pedido de vista pelo Vereador Ivo João Rodrigues Leite, que foi concedido. Proposição número 03/2017, aprovado por unanimidade. Explicações pessoais: vereadora Cleiva, vereadorJocimar Furlan, vereadora Judite. Vereador Ivo: senhor presidente, nobres colegas, assessor jurídico, o povo que está aqui assistindo nos aqui hoje, e principalmente os funcionário público, não é por que o cara vai quer confusão com o refeito por eu ter pedido visto dos três projetos que toca o funcionário público, eu sei a dificuldade dos funcionários público, tanto no posto de saúde como na escola, principalmente lá na garagem que passei por dois mandatos como secretário de obras, dai eu tenho como obrigação de vereador do município, não é, me chamam de puxa saco dos funcionário público, eu não sou puxa saco de ninguém, eu não preciso puxar saco de ninguém, eu to aqui pra fazer o serviço de vereador, o nosso salário, salário do nosso funcionário, o prefeito mesmo sabe, os outros prefeitos que passaram por ai que deixaram devassa muito o nosso salário público, e até que o prefeito, os próximos prefeitos que entrarem por aqui não tenta se concentrar que um pouco por ver tenta aumentar, cada vez vai ficar pior, isso que nós temo num município que digo eu

 

 

 

que os nosso funcionários tão bem calmo, por que tu vê, eu acompanho bastante a cidade de Caxias, é greve de médico, é greve de funcionário, é greve disso é greve daquilo, o nosso povo aqui é bem humilde, os nossos funcionários, tá?, dá pra dar os parabéns pra eles que amanhã sedo eles vão pro trabalho ganhando pouco, ganhando bastante, então eu vou falar com o prefeito, há por que lá em Nova Prata deram quatro por cento, por que lá em Vila Flores deram três, nos temos que cuidar do nosso município, de repente lá no Prata três por cento, mas de repente não tem a conta de quanto tá desfasado que nem o nosso aqui, é só por ai, agora o sindicato mesmo vai com versar com o prefeito, quero também agradecer os moradores novos do município, que vieram, estava falando com eles primeiro, muito prazer em conhecer, que vieram de Lajem e Santa Catarina aplicar aqui no nosso município, presidente, os caras tem ali uma metalúrgicas, então dizer pra eles que são bem vindos em nosso município, o que a administração precisar nós estamos ali pra ajudar vocês, também sobre, que foi aprovado o dinheiro pras agentes de saúdes, é um dinheiro que é repassado da verba federal, que só passa nos cofres do município depois vai pra elas, é um dinheiro que é delas, é merecedor e dar os parabéns pra as nossas agentes da saúde pelo belo trabalhos que fazem no nosso interior do município, embaixo de chuva, em baixo de tudo, a pé, atendendo os nossos doentes, vindo pro posto de saúde, levando os problemas do nosso município, o nossos médicos atendendo lá, por que as enfermeira os nossos médicos vão nas casas dos pacientes do nosso interior? Por que a agentes da saúde que leva até a saúde, então parabéns pelo belo trabalho, e sobre o projeto de incentivo também das esterqueiras que vai beneficiar seu Luís Bolsoni, meus parabéns pro prefeito, por, é uma iniciativa  muito boa, me disseram que aqui no município vai ser a segunda, eu espero que todas essas creche e todo chiqueirão chegue com o prefeito e vamos acabar com esse audor o cheiro a tal coisa do porco. Muito obrigado. Presidente Antônio: vereador Marildo. Vereadora Nair: boa noite, senhor presidente, todos os vereadores, doutor Alcione, todos aqueles que nos assistem, hoje de noite estamos vendo a casa cheia por que normalmente nunca tem ninguém ali pra nos assistir, eu queria agradecer todos os meus colegas que concordaram com esse trecho de asfalto, e que eu sei que o prefeito tem muita vontade de fazer, só vamos aguardar uma verba, meu muito obrigado. Presidente Antônio: vereador Roberto. Vereador Itamar: senhor presidente, nossos colegas, doutor Alcione, nossa secretária, as pessoas que aqui nos assistem, gostaria que fosse criado um grupo de estudo para ver o vazar valor salarial mesmo, que não num curto prazo, mas num longo prazo pra que o reajuste fique valendo pra todo mundo, onde a prefeitura possa arcar, e que os funcionários possam ficar contentes, não fugindo do orçamento, claro. Quero parabenizar o secretário da fazenda pelo estudo qual referente a água, sabendo que muitas pessoas são contras a esse aumento significativo da água, mas que os rombos do cofres público também era muito grandes, passa de cem mil por ano, mas para as pessoas consciente esse reajuste não vai afetar em momento

 

 

 

algum, parabenizar o seu Luís juntamente com o poder público na criação dessa compoteira orgânica, será a segunda aqui do município, tenho por base junto com a aquelas dos Stellas que a curto prazo, não a longo proso, ela será benéfica ao senhor também, juntamente com a população que no futuro não vai padecer com problemas de água ou meio ambiente, era isso e meu muito obrigado. Presidente Antônio: Espaços de Líderes: PTB, DEM, PP, PMDB. Eu só quero, não coloquei para os colegas vereadores antes pra mim não interferir na ideia de cada vereador, está aqui nas minhas mão um histórico os reajuste dos servidores do município de Protásio Alves, em dois mil e seis até dois mil e dezessete, tiveram um aumento de noventa e um virgula noventa e cinco por cento, dos funcionários públicos e os reajustes dos funcionários coletivos oitenta e oito por cento, então eu sei colegas vereadores e de se ver é sentar e conversar mesmo, eu não quis ler isso aqui ante pra não botar alguma ideia diferente na cabeça de cada vereador. Não havendo mais pronunciamento declaro encerada a sessão agradecendo a presença de todos.

Ver. Judite Cecchin

Ver. Antônio José Cassol

Ver. Jocimar Furlan

Ver. Roberto Prigol

Ver. Ivo João Rodrigues Leite

Ver. Itamar Antônio Girardi

Ver. Nair Salete Cappellaro Bolzan

Ver. Marildo Stella

Ver. Cleiva Lorenzzetti Lorenset