ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2019.

 

 

Aos dezenove dias do mês de novembro de dois mil e dezenove, às dezenoves horas reuniram-se na câmara municipal de vereadores de Protásio Alves, em Sessão Ordinária, os seguintes vereadores: Antônio José Cassol, Cleiva Lorenzzetti Lorenset, Itamar Antônio Girardi, Ivo João Rodrigues Leite, Jocimar Furlan, Judite Cecchin, Marildo Stella, Nair Salete Cappellaro Bolzan (ausente, considerada justificada a ausência da vereadora, pela apresentação de atestado médico.) Roberto Prigol. Feita a leitura da ata anterior aprovada por unanimidade, passou-se a ordem do dia: Projeto de Lei e Parecer N° 051/2019 - Estima a receita e fixa a despesas do município de Protásio Alves – RS, para o exercício financeiro de 2020. Aprovado por unanimidade. Projeto de Moção N° 01/2019 – Moção de repúdio contra os projetos de alteração no plano de carreira do magistério público estadual, no estatuto do servidor público do Rio Grande do Sul e na previdência estadual. Aprovado por unanimidade. Explicações Pessoais: Vereador Antônio: Senhor presidente, nobres colegas vereadores, as pessoas que nos assistem, nosso assessor jurídico, Doutor Alcione Grassiotin, futuro prefeito de Nova Prata

, nossa secretária geral Diana, professora, secretária da saúde Maria de Fatima, quero registrar também, o pessoal do Sindi Lojas, estão presente, valorizando nosso trabalho, obrigado de coração em nome do município por vocês estarem aqui, antes eu quero dar o sentimento de pesar a família Borge Vieira, pela morte do senhor Trajano Borge Viera, ocorrido na ultima sexta feira, momento difícil na vida pra família, mas tudo é superado, e que Deus ilumine a família do Borge Vieira, eu quero agradecer as professoras, funcionarias públicas estaduais, dizer que tudo oque depender de mim e da câmara de vereadores, com certeza que a gente esta ai, estendo uma mão pra vocês, e tudo oque o vereador Jocimar falou ai é uma realidade, recebendo pouca remuneração, e além de pouca, parcelado o salário a tempos que vem sendo feito isso ali, é injusto, é injusto, mas eu quero também não só falar de coisas ruins, e sim, parabenizar a administração municipal, pela bela Expo, segunda Expo que a gente promoveu nos últimos dias oito, nove e dez, eu também fui organizador na parte do gado juntamente com o Jussandro Bortolon, presidente do sindicato, e o secretário da agricultura, a gente tava envolvido naquele setor, então muita coisa a gente não pode acompanhar, mas acompanhamos assim a coisa mais importante, a organização, e agradecer todas as pessoal, pessoal ocultas, mãos oculta que trabalharam ali, trabalharam e trabalharam sem aparece, na verdade muita gente trabalhou, mas aparecer essas pessoas não apareceram, mas trabalharam pro nosso lugar, pro nosso município, pras pessoas que vieram de fora dizer, que bonita, que organização tava a segunda Expo em Protásio, Linda você também, obrigado Linda por tudo oque você fez ali na Expo, quero agradecer a comissão de orçamentos, finanças e contas, por ter aprovado o projeto do orçamento de

 

 

 

 

dois mil e vinte, que ta precisando, o município já ta precisando da aprovação desse orçamento, então obrigado a vocês, obrigado a todos os vereadores que aprovação, a aprovação foi unanime, e não é diferente, todos os projetos aqui são aprovados por unanimidade, eu quero também parabenizar a nossa administração, que o prefeito José Spanhol, porque assim ho, premio gestor público de dois mil e dezenove, certificado de reconhecimento dos servidores públicos estaduais, editores, fiscais da receita estadual, foi premiado pela pavimentação asfáltica do município, então o município ta de parabéns, parabéns a nossa administração, e tem mais aqui ho, Protásio Alves atingi-o o conceito excelência no IFGF, gasto pessoal  e investimento, atingiram mil pontos, o máximo do índice, o município ocupa a decima oitava posição ranc do estado,  dos quatrocentos e noventa e sete município do estado do Rio Grande do Sul, o nosso município esta em decimo oitavo, ta excelente, e no Brasil cinco mil trezentos e trinta e sete município, estamos no decimo terceiro, não, no quinquagésimo decimo terceiro, que também estamos numa posição muito, muito, muito boa, e dizer também que tem cem por cento de transparência municipal, a câmara de vereadores e o executivo municipal também no tribunal de contas do estado, então da pra se dizer, que da pra tirar o chapéu pela transparência que é nossos gestores, nossos funcionários, eu sempre digo, prefeito e vice-prefeito não fazem sozinho, tem uma equipe de secretariado que ajudam, mas enquanto protasioalvense souber escolher pessoas transparente na administração o município anda cada vez melhor, era isso e meu muito obrigado. Presidente Itamar: Vereador Marildo, Vereador Ivo João: Senhor presidente, nobres colegas, doutor Alcione, secretária Diana, os professores, secretária da saúde que se faz presente também, dando apoio a esses colegas professor, diretora do nosso colégio, a ex diretora Chica, que são gente que batalha pela nossa educação do município, eu sempre fui um vereador, a diretora é testemunha dessa que eu sempre apoiei a classe do vereador, eu to hoje com cinquenta e cinco anos e não tive a oportunidade de estudar naquela época, por ser de família pobre, e coisarada, mas o pouco, o pouco que eu sei hoje, eu devo a essa classe sofrida, rebaixado pelo nossos políticos, vocês tem e estão certos de fazer tudo oque estão fazendo porque eu acho, como um governador, não é de hoje que vem, não é o Eduardo Leite que ta prejudicando a classe do professor, isso vem defasando a classe do professor entre os órgão público que ajuda os nossos filhos a muito tempo, não é de hoje, não é o Eduardo Leite, não foi o Sartori, e não foi os outros, eu acho que como governador, claro que agora chega um tempo que vai estourar, a única classe que não poderia mexer é do professor, poderia mexer na classe politica, em outros servidores, mas os professores não ne, eu agradeço sempre, pelos professores que nos temos no nosso município, por ter os filhos meu, pelo que eles sabem, aprenderam, tenho uma guria que esta estudando hoje quase no ultimo ano aqui nesse colégio, e por

 

 

 

 

tudo oque fazem os professores queridos, as merendeiras também, as faxineiras, tu chega em casa tu fala com eles, os alunos , é só alegria, hoje fez tal tipo de comida, hoje ajudemos a fazer isso, a faz aquilo, os nossos professores também ajudaram na Expo que foi um exemplo de festa pro nosso município, eu vi os alunos uma semana antes lá também com a ajuda das professoras, trabalhando pra organizar, tudo pelo bem do município, a professora Linda em cima da camionete fazendo isso e aquilo, que não é certos homens que faz cara, fica até triste, magoado sabe oque tá acontecendo pra você, mas assim ho, pode conta com a câmara de vereadores, com o prefeito também, o presidente falou que é favorável de tudo oque precisa, so que seria que cada um fizesse a parte dele ne, senão não adianta nós fazer, os outros lá não fazem, e coisarada, mas no mesmo tempo o cara fica muito sentido, mas no mesmo ponto triste pelo oque vem acontecendo com a nossa educação, principalmente com o professor, muito obrigado. Presidente Itamar: Vereador Jocimar: Boa noite presidente, caros colegas, secretária Diana, doutor Alcione, doutor que nos honra muito, pena que vai nos deixa presidente, um assessor tão competente, vinte e poucos anos de assessoria, aprendemos muito, ensinou muito, doutor sucesso na vida, quero aqui, que nem falou primeiro, quero aqui dizer cara diretora Angélica que se esforça muito juntamente com os colegas dela, com os funcionários, merendeiras, as domesticas, bem sabe também a diretora, a ex diretora, Maria de Fatima uma que passou nesse colégio, o quanto é difícil lutar contra o governo, que tu se esforce e não é reconhecido, mas professores ergam a cabeça, que o caminho é longo, temos ai pra se dar as mão e se ajudar, hoje eu vejo que a pior classe é o funcionário publico, uma vez tu dizia que era professor, era um elogio, hoje ninguém mais da valor, uma que os governos que passaram não davam valor, e principalmente, o que faz com que o professor esteja no colégio é a coragem, mas a principal é o salário, sem dinheiro tu não mantem a família em casa, tu não mantem o marido, tu não mantem os filhos, é o nosso governo  é um descaso, descaso total, os professores seriam, os funcionários que mais deveriam ganhar, mas infelizmente é oque menos ganham, também quero agradecer a administração, sobre a bela Expo que aconteceu, todos os funcionários empenhados, as pessoas que não eram funcionários empenhados, enfim teve uma festa bonita, agradecer também a administração que concluiu mais um trecho de asfalto que vai pro São Vitor, uma obra maravilhosa, bonita, que serve pra comunidade e serve pra todo mundo, e também quero convidar a todos, pra domingo tem um passeio de moto no nosso município, um evento muito grande, mais de cem municípios vão fazer presente, gostaria que os vereador, os que estão assistindo se fizessem presente porque é um evento muito bonito, obrigado a vocês professores que vieram e que bom falar com bastantes pessoas na câmara, porque muitas vezes caros professores, aqui se encontram so os nove vereadores, ai é sempre bom, mas não

 

 

 

 

sempre, as vezes as pessoas dizem, há o vereador não faz nada, mas tem que vir assistir, tem que vim ver como é que funciona, era isso e meu muito obrigado. Presidente Itamar: Vereadora Judite, Vereador Roberto, Vereadora Cleiva. Espaço de Líderes: PTB, DEM, MDB, PP. Peço pro vice presidente assumir a cadeira. Vereador Itamar: Senhor presidente, nobres colegas, pessoas que nos assistem, secretária Diana, o nosso, sempre, amigo e assessor, doutor Alcione, como o Toni e o Juci falou, pra nos vai ser uma perca, mas sabemos que é pra um bom motivo, e com certeza no futuro a gente vai ganhar porque o município de Nova Prata vai estar bem colocado com o senhor, so pra defender com dados a moção aqui já aprovada, então o Rio Grande do Sul tem cinquenta e cinco deputados estaduais, cada um tem direito a dezenove assessores, com salários médios de cinco mil reais cada um, além do salario do deputado, vinte e seis mil reais cada deputado, sem conta a verba que pode chegar a dez mil pra auxilio do veiculo particular, vamos fazer uma conta rápida aqui que eu tenho salva no celular pra ficar mais fácil, cinquenta e cinco vezes vinte e seis mil reais, um milhão quatrocentos e trinta mil, dezenove assessores vezes cinquenta e cinco deputados, mil e quarenta e cinco, vezes ate cinco mil reais cada assessor, cinco milhões duzentos e vinte e cinco mil reais, cinquenta e cinco deputados, dez mil reais de veiculo particular, quinhentos e cinta mil reais, total sete milhões duzentos e cinco mil reais por mês, ou oitenta e seis mil quatrocentos e sessenta, oitenta e seis bilhões quatrocentos e sessenta mil reais por ano, será que realmente é a classe do trabalhador honesto que tem que pagar por essa regalia total?, acreditamos que não, por isso que fomos favorável a essa moção, contem com o nosso apoio, com certeza a gente vai entrar em contato com os nossos deputados, esperamos que tenhamos sucesso, porque aqui de três anos temos eleições de novamente pra deputados e agente vai ajudar a lembrar a cada um que foi favorável e cada um que foi contrario, muito obrigado por estarem presente, por estarem valorizando a nossa casa legislativa, a casa esta sempre de portas abertas pra receber professores, funcionários, os munícipes, de Protásio e também a nossa CDL que aqui se faz presente, muito obrigado e o Sindi Lojas também, muito obrigado. Vice-presidente Marildo: Devolvo a presidência. Presidente Itamar: Não havendo mais pronunciamento, considero encerada essa sessão, próxima sessão ordinária dia três de dezembro de dois mil e dezenove, boa noite a todos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ver. Judite Cecchin

Ver. Antônio José Cassol

Ver. Jocimar Furlan

Ver. Roberto Prigol

Ver. Ivo João Rodrigues Leite

Ver. Itamar Antônio Girardi

Ver. Nair Salete Cappellaro Bolzan

Ver. Marildo Stella

Ver. Cleiva Lorenzzetti Lorenset